Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em linha recta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

Em linha recta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

Um bocadinho estranha

Cristina Nobre Soares, 30.07.16

Sandes com alface e tomate, sumos de lata da Frami, os outros miúdos a estranharem a alface o tomate dentro do pão, o meu irmão a dizer-me que não precisava de fazer a digestão, os outros miúdos, debaixo do chapéu, a estranharem enquanto esperavam, eu a achar, que se as apertasse com força, conseguia apanhar o sal com as mãos, os outros miúdos a estranharem, eu a contar isto à minha filha e ela encolher os ombros, sempre foste um bocadinho estranha. Se calhar agora disfarças melhor. Acabou-se a poesia.

 
 
 
 

1 comentário

Comentar post