Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em linha recta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

Em linha recta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

Ideias feitas

Cristina Nobre Soares, 21.10.19

Há quem ache que todas as louras são burras. Que todos os betos são arrogantes. Que todas as mulheres vaidosas são fúteis. Que todos os intelectuais são presumidos. Que todos os adolescentes são melodramáticos e infantis. Que a malta nova nunca sabe o que quer. Que quem é velho já não aprende nada.Que quem não vive na cidade nunca viu o mundo. Que uma investigadora pós-doutorada não pode gostar de trapos. E que quem gosta de trapos nunca terá cabeça para ser investigadora. Que quem lê Thomas Mann não vê concursos de televisão. Que quem ouve Antena 2 não ouve música pop. Que quem nunca viajou não tem horizontes. Que quem viaja muito é muito culto. Que toda a gente de esquerda tem mente aberta. Que toda a gente de direita é elitista. Que todos os católicos são beatos. Que todos os ateus são inteligentes. Que quem é de ciências não se interessa por literatura. Que quem foi para letras não sabe o que é uma tangente. Que quem é do Norte troca os vês pelos bês. Que todos os açoreanos têm sotaque de S.Miguel. Que quem é gordo não tem força de vontade. Que quem é magro não come alheiras. Que quem tem uma depressão é porque pode. Que quem se ri muito é tonto. Que quem é muito sério é básico. Que quem não tem filhos é egoísta. Que quem tem seis é inconsciente. Que quem tem dois é igual a toda a gente. Que quem faz muitos posts no Facebook é porque não faz mais nada. Que quem não faz é porque tem a mania. E que quem tem ideias feitas são sempre os outros, nunca eu.

2 comentários

Comentar post