Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Estendais

por Cristina Nobre Soares, em 15.09.18

Reparo nos estendais da casa da esquina, antes de apanhar a estrada de regresso a casa. Do lado mais escondido, a dar para uma rua, que de relance me parece ser um beco, a roupa branca, os lençóis na corda de trás, as fronhas e os panos da loiça na corda da frente. No outro, na varanda mais à vista, a roupa de vestir, as calças atrás e as partes de cima à frente, alinhadas por cores e cuidadosamente voltadas do avesso por causa do sol. Come-lhes a cor, ensinaram-me. As molas também têm um preceito, não se prende uma camisola pelo cós para não alargar, nem pelos ombros para não deixar marca. As peúgas emparelham-se e os lençóis não podem ficar muito dobrados, que assim demora mais a secar. O estendal tem de ficar bonito, arrumado, afinal fica despojado aos olhos de toda a gente. Gosto de estendais. Não têm manias. Mais aprumo, menos aprumo é o que é. Roupa toda a gente tem de lavar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html