Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em linha recta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

Em linha recta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

Escrever também é isto

Cristina Nobre Soares, 01.08.18

Hoje, na mesma rua onde encontrei a velha dos sacos, não havia ninguém. Nem vento, nem ladrar dos cães, nem pássaros, nem o barulho de um motor a chegar primeiro do que o carro à curva da casa de azulejos verdes. Nada, só o calor e promessa de dias absurdamente quentes. Às vezes, sem explicação nenhuma, escrever também é isto: uma rua vazia onde não se passa nada. Só promessas.