Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dona Carlota

por Cristina Nobre Soares, em 21.05.18

Hoje, enquanto fazia o jantar lembrei-me da avó da Patrícia. Lembro-me muitas vezes dela, da forma como ela tirava o pé do sapato e o encostava na perna enquanto mexia as coisas no fogão. Dos bolinhos de coco que eu adorava e da sopa de couve-flor que eu detestava. Dos trava-línguas, das canções, das histórias de quando era rapariga nova. Dela debruçada a apanhar a roupa do estendal enquanto nós brincávamos na marquise. Do quadro, logo à entrada, da menina a ler com um vestido amarelo, mais os de flores bordadas a ponto cruz e o prato de loiça com uma quadra, da fruteira com fruta de plástico a fingir, das palavras que ela dizia mal e das novas que nos ensinou, da bata que vestia por cima da roupa, isto é para trazer por casa, da forma como ela me limpava as lágrimas, és muito chorona, dizia-me ela, e olha, quando a gente chora muito ficamos feias. Chamava-se Dona Carlota.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html