Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Não gosto da canção de Israel. Fiquei desiludida por esta ter ganho. Ah, e sim, acho que a indumentária da rapariga a faz parecer a Pucka. E mesmo se eu gostasse da canção continuaria a parecer-me a Pucka.

Mas agora chego aqui ao pelourinho e parece que o que está a dar é humilhar a Netta. Que é gorda, que parece uma porca, etc, etc. (até já andam a dizer que se apropriou da cultura do Japão). Sobre isto não vou sequer perder tempo, pois não há palavras que valham a pena a esta necessidade de humilhar. Porque insultar os outros publicamente é humilhação.

Continuo a não gostar da música e a achar que a indumentária da rapariga é parecida com a da Pucka. Mesmo depois de ter percebido que a letra não é assim tão inconsequente e tem uma mensagem relacionada com o movimento #metoo.Continuo a achar que apesar de até ser uma música diferente, nada tem a ver com a do Salvador Sobral (como já vi comparada por aí). A canção do Salvador, para mim, era boa música. A canção da Netta, para mim*, não é. Ah, que também disseram que o Salvador Sobral era esquisito, parecia um maluquinho. E parecia. E às vezes parece. Mas é genial. Posso estar a ser muito obtusa, mas para mim*, a Netta não é genial. É um produto de qualquer coisa.

Ou seja, como a outra dizia: uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. O facto de eu achar simplesmente indecente e porco (sim, isto sim é ser-se porco) andarem a humilhar a rapariga, não torna a actuação dela melhor.Para mim* , para variar, passamos da humilhação, da selvajaria nojenta, para o paternalismo. E um dia o meio-termo será lembrado como uma atitude estranha que algumas pessoas extravagantes tomavam. Quando pensar, reflectir sobre os assuntos será uma coisa que nos parece tão estranha, como alguém se vestir com um fato da Pucka para cantar uma canção com cacarejos.

*Sim, para mim. Nada de verdades absolutas e populares. Tranquilos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html