Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A escola não dá competências para a vida

por Cristina Nobre Soares, em 15.11.18

A escola não dá competências para a vida, só dá competências para fazer exames, leio eu por aí. 
Pois, realmente, talvez não dê. A mim não deu. Só me ensinou a lidar com bons e maus colegas, com o engraçadinho, com o parvalhão, com a convencida, com a invejosa, com o filho da mãe, com o coscuvilheiro, com o bully, com o queixinhas, com aldrabão, com o gajo impecável, com a miúda espectacular, com professores injustos, com professores brilhantes, com professores incompetentes, com professores que se estavam nas tintas, com professores ausentes, com professores sádicos (especialmente os de educação física), com perfeccionistas (estilo o meu de educação visual do 9º ano, a quem lhe roguei umas boas pragas), com contínuos maldispostos, com a frustração, com o sucesso, com a preguiça, com o tédio, com o entusiasmo, com o sono às 9 da manhã, com o chiar do giz no quadro, com a mãe da Anabela que nunca sabia da filha, com o perceber que há sempre alguém melhor do que nós, que há também quem seja pior, que há quem seja beneficiado por nascimento e quem seja prejudicado, que o mérito nem sempre conta para alguma coisa, que a vida é injusta, que às vezes também é justa, que não morres se fumares um charro, que o primeiro beijo pode ser uma coisa desastrosa, especialmente se um dos intervenientes tiver aparelho, que podes morrer aos 18, que não és eterno, ensinou a fazer amigos, a perder amigos, que há coisas que aprendes que não servem para nada, mas que nem tudo tem uma utilidade na vida. E que a vida é tramada, não há competências que nos valham. Vai-se aprendendo. Tirando isto, realmente, a escola não me deu competências para nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De espaço da raquel a 15.11.2018 às 15:07

Realmente é verdade, vamos aprendendo.
A vida não é mais do que uma aprendizagem continua. E essa sim é a mais pura e verdadeira aprendizagem, é uma superação constante dos nossos valores, limites, etc.
Viver, é um desafio diário e constante.

= )
Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 15.11.2018 às 15:43

Que competências me deu a escola, que eu utilize no meu dia a dia e me tenham sido úteis?
Talvez a escrita, a matemática mais básica, o inglês, mais precisamente, técnicas de tradução de inglês...
Para além de tudo o que é mencionado neste post!
Quanto ao resto, foi palha. Não utilizo nem tão pouco me lembro de nada e, não fosse o curso que fiz depois de terminar o 12º ano, não estaria no trabalho que estou hoje.
Perfil Facebook

De Guglielmo J Marconi a 19.11.2018 às 21:46

Foi a sua escolha.
A escola não é (não deveria ser) uma doutrinação.
Imagem de perfil

De P. P. a 15.11.2018 às 23:00

Lamento a Escola dos nossos dias.
Perfil Facebook

De António Duarte a 19.11.2018 às 17:10

Pelo texto é óbvio que escola nos dá competências para a vida. É certo que na sua essência a escola é a relação entre quem ensina e quem aprende, ou seja, entre professor e alunos. Tanto assim é que um grupo de alunos em diálogo com um professor à sombra de uma árvore ou por baixo de um viaduto, como ocorre nalguns lugares da Índia, já é uma escola.

Mas, para lá da sua essência, a escola é também o lugar onde socializamos e aprendemos a socializar. As competências para a vida não se aprendem apenas ou tão só dentro de uma sala de aula.

Na escola também se aprende a ser, entre os outros e com os outros.
Imagem de perfil

De Psicogata a 19.11.2018 às 17:21

O problema reside precisamente no facto de as pessoas não encararem a escola como um local de desenvolvimento pessoal e social e focarem-se apenas nas notas, números que bem exprimidos significam muito pouco.
Os diplomas de excelência são um bom exemplo, premeiam alunos pelas notas, mesmo que eles sejam uns incapacitados socialmente.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html