Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Venho à varanda

por Cristina Nobre Soares, em 17.06.17

Venho à varanda. Lá em baixo, um dos meus vizinhos espera dentro do carro. Tem a porta aberta e por ela saem uma perna encalorada e a música do rádio. É uma do António Variações interpretada pelo Camané. Deixo-me ficar, debruçada, e reparo num milhafre que plana no terreno em frente. Tal como ele tudo parece planar no bafo quente. A mulher e a filha do meu vizinho saem de casa, a miúda em algazarra, entram no carro, ele recolhe a perna, fecha a porta, arrancam e o milhafre desce a pique para apanhar a presa. No calor da rua faltam os dois últimos versos da música e descubro que os sei de cor.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html