Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Sobre a proposta da Joana Amaral Dias

por Cristina Nobre Soares, em 27.09.17

A proposta da Joana Amaral Dias é estúpida, aberrante e facilitista. Mas acima de tudo custa-me que tenha sido uma mulher a propô-la. Custa-me, mas não me espanta. Muita da descriminação que sofri na pele nos meus 43 anos de existência foi feita por outras mulheres. Muitas das vezes em que me chamaram histérica por ser feminista foram outras mulheres que o fizeram. Os avisos “cuidado com a fama”, por causa dos namorados, foram outras mulheres que o fizeram. Por isso, custa-me, mas não me surpreende. Assim como me custa ver, por essas caixas de comentários, outras mulheres (sim, outras mulheres) chamarem “loura burra” e "cabra" e outras coisas piores à Joana Amaral Dias. Se gosto da Joana Amaral Dias como política? Não. Se me identifico com as politicas que defende? Não. Assim como não me identifico com uma série de homens que anda para aí a fazer peso à terra no que diz respeito à vida politica. A Joana Amaral Dias fez uma proposta sem classificação possível, é verdade. Mas já agora, caras mulheres que lhe chamam "loura burra" e cabra, quando é foi a última vez que participaram num acto cívico ou político? Sim, é isso, também devo ser uma cabra.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Porconta a 27.09.2017 às 18:01

Parabéns pelo discernimento, partilho da sua opinião, quer em relação ás opiniões da Joana Amaral, quer do tratamento entre as mulheres.
Sem imagem de perfil

De ginatonito a 28.09.2017 às 01:11

Ah? Sente se numa encruzilhada de sentimentos.... guarde os, analize os e depois então partilhe os minha cara.... confusa
Imagem de perfil

De David Marinho a 28.09.2017 às 02:01

Partilho do que dizes e aplico em tudo na vida. Só devia criticar quem passa pelas coisas, quem de direito se sente lesado. Agora a critica gratuita é das maiores aberrações que existem.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html