Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O vazio das ruas

por Cristina Nobre Soares, em 10.06.17

Estranho sempre as ruas ao fim-de-semana. Fazem-me pena, têm um ar desolado. Não se vê ninguém. Pergunto-me se as pessoas estarão em casa, a tratar das tarefas domésticas ou espojadas no sofá. Ou se calhar a almoçar em casa da mãe, da sogra ou de um amigo que não veem há muito tempo. Como o bom tempo se calhar estão todas na praia. Talvez fujam todas para parte incerta ou convirjam todas para um mesmo sítio que desconheço. É uma coisa que me intriga, este vazio das ruas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Aninhas a 11.06.2017 às 18:00

É mesmo! É a evolução dos tempos modernos, cada um fechado na sua concha! Nem as crianças já brincam na rua! As viz não convivem, nos prédios quase nem se cumprimento, algumas até teem orgulho em o dizer! É td agarrado ao computadores, tlm, tablets , convívio pouco ou nada! Eu vivo numa zona hestórica da cidade, onde as pessoas ainda gostam de se cumprimentar, e conversar um pouco, mas as k já cá moram há uns aninhos, prq as k vêem de novo, baixam a cabeça e fazem k não veem ninguém!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html