Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O acaso ainda existe.

por Cristina Nobre Soares, em 11.05.17

Irrita-me sobremaneira este conceito moralista do “se te esforçares, se trabalhares muito, se deres o teu melhor, o pior, e o assim-assim também, chegas lá. Se não chegaste é porque foste calão e incapaz.” É certo que nada cai do céu e que a sorte dá muito trabalho (sou a primeira a defender isto). Mas, vá, pensem lá, quantas, mas quantas vezes na vossa vidinha andaram a pedalar sem sair do sítio? Quantas vezes, depois de terem dado ao litro que nem uns loucos, se viram ultrapassados por outros melhores ou, se acaso piores, por outros mais primos? O acaso ainda existe. O cair no goto, sem se saber bem porquê, e o cair no goto à pessoa certa, também. Por isso não andem para aí a vender chuchas às pessoas com estes moralismos modernos do empreendedorismo, que o esforço, o talento e o empenho são uma santíssima trindade muito linda, pois são. Mas a sorte, aquela feita de probabilidades, também faz parte. Não me lixem.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De C.S. a 11.05.2017 às 19:13

Uma grande verdade!
Sem imagem de perfil

De Marco Batista a 11.05.2017 às 21:45

Absolutamente!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html