Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Noite em Lisboa

por Cristina Nobre Soares, em 14.01.18

Do outro lado da rua há um homem que fala ao telefone. Fala baixinho, com aquele tom ridículo que as pessoas apaixonadas põem quando dizem palavras ternas. Na paragem um rapaz acende um cigarro e afasta-se até só lhe conseguir ver os pontos vermelhos incandescentes. O homem do telefone calou-se . Imagino-lhe o embevecido parvo da expressão, mas distraio-me pela brisa amena da noite. Nem parece Janeiro. Lembro-me das mulheres que conheci hoje. Hoje foi um dia bom.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html