Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Das coisas tramadas para o caminho da igualdade de género

por Cristina Nobre Soares, em 27.01.17

Das coisas que mais me ultrapassa o entendimento e mais me dói é ver como as mulheres, por vezes, se tratam umas às outras num grupo de trabalho. Corre tudo muito bem enquanto o grupo é pequeno, enquanto está tudo ao mesmo nível, tudo de acordo, mas o caldo entorna-se quando, no meio de um grupo que cresceu, há uma que se destaca. Destaque esse que pode acontecer por uma delas se chegar à frente e tomar iniciativa, ou simplesmente por funcionar noutra frequência. Quando isto acontece gera-se uma espécie de alergia colectiva, que os preconceitos e os julgamentos fáceis são coisas que dão uma comichão terrível. E depois tudo serve para ser levado pessoalmente, a peito e a despeito. O trabalho deixa de ser apenas trabalho e passa a ser um território de fronteiras domésticas muito bem definidas. Aflige-me sobremaneira ver que há mulheres que me parecem ser muito tolerantes a aceitar as diferenças e a liderança dos outros, desde que esses outros não sejam outras. Pena que nós, mulheres, não percebamos que assim só tornamos este caminho da igualdade de género ainda mais pedregoso. Que é como quem diz: tramado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De C.S. a 27.01.2017 às 12:38

É uma tristeza as mulheres não se apoiarem, torna tudo mais difícil ainda, sim.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html