Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Castas

por Cristina Nobre Soares, em 02.12.16

Às vezes, no cabeleireiro, reparo na quantidade de mulheres que pintam o cabelo de louro. Fazem nuances, pequenas madeixas que lhes dá ao cabelo um tom aclarado pelo sol. Cabelos que alisam meticulosamente com placas de porcelana aquecidas a mais de cento e cinquenta graus, até apagarem qualquer vestígio de ondulado. São mulheres impecáveis, bronzeadas, mas daquele bronzeado saído da Côte d'Azur. Sabemos, por isso, que são mulheres de um certo estrato social. Alto. Uma casta de mulheres tratadas que conduzem carros topo de gama e têm famílias tremendamente fotogénicas. Como elas. O cabelo é apenas um sinal exterior de pertença a essa casta. Faz parte. Eu também pinto o meu cabelo. Mas de escuro. Peço sempre para escolherem uma tinta parecida com a minha cor natural. Para que não se perceba que pinto o cabelo.Tal como essas mulheres, também faço parte de uma casta: a das mulheres que fingem que não envelhecem.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html