Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Às vezes tenho saudades da minha rua.

por Cristina Nobre Soares, em 19.05.15

Às vezes tenho saudades da minha rua. Do cheiro das tílias, dos estores a fecharem-se por cima das nossas cabeças, as minhas costas na parede morna, tenho de subir, um carro a contornar a rotunda depois do último autocarro da noite, do som das televisões nas janelas entreabertas, tenho de subir, os outros sentados no degraus, um cigarro a partilhar-se, os nossos risos a engolirem-se no cortinado da vizinha e eu a demorar a dizer, tenho de subir.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De melguinha2 a 19.05.2015 às 11:33

É muito bom sentirmos saudades de coisas boas!! Isso é o que importa!! Muitos beijinhos e boa semana!!
Sem imagem de perfil

De Luis Eme a 19.05.2015 às 19:05

Eu também...

vejo-me muitas vezes, quase em bicos de pés, a espreitar a rua pela janela da sala. :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html