Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Às vezes, as mulheres criticavam o luto das outras mulheres

por Cristina Nobre Soares, em 05.12.17

Às vezes, as mulheres criticavam o luto das outras mulheres. Ou porque o tinham largado cedo demais, sendo que menos de um ano de preto seria cedo demais. Ou porque era um luto leve, que o azul-escuro e o castanho são cores sóbrias, é verdade, mas não são luto. Quanto muito, depois de largos meses, poderiam aliviá-lo com padrões pretos e brancos, como as pintas ou as riscas de fantasia. O resto não era luto. Também lhes criticavam o luto que não se veste, o que se faz por actos e boas maneiras. Comportamentos imperdoáveis como ir ao arraial sozinha, sair sem a companhia de uma irmã, de uma mãe ou de uma prima, mesmo que afastada ou vir à rua sem meias, mesmo em pleno Agosto. O não ir ao cemitério todas as semanas, pôr flores frescas na campa. Mesmo que fosse conhecido o imenso sofrimento de algumas dessas mulheres de luto “leve”, se ele não se exibisse aos outros pelas regras estabelecidas, se não fizessem como seria esperado, seria como se esse sofrimento não existisse. E desprezavam-nas por isso. Punham-nas de parte, porque ninguém gosta de ser visto com quem não faz o que toda a gente faz. 
Volta e meia, o Facebook faz-me lembrar isto, sem que a questão seja o luto. Vá-se lá saber porquê.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Moralez a 05.12.2017 às 17:58

Cada um faz o que sente!
Imagem de perfil

De cheia a 05.12.2017 às 19:31

O luto não está naquilo que se veste!
Imagem de perfil

De Ana a 06.12.2017 às 10:45

Perfeita analogia. Perfeita,
Imagem de perfil

De Rooibos a 06.12.2017 às 10:58

Também cresci a ouvir falar nessas "regras". E a ver que as cumprisse só para não dar azo a falatórios.
Eu furei essas "regras". E de certeza que fui criticado por isso.
Mas não me importo, tenho a consciência tranquila. O luto faz-se para nós, não para os outros.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html