Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


As mães de 40 não dizem bué

por Cristina Nobre Soares, em 29.01.17

 

A Alda e o Gamito eram trabalhadores-estudantes e deviam ter mais de cinquenta anos. Ou se calhar não tinham, tinham uns quarenta e tal, mas aos vinte toda a gente com mais de quarenta parece-nos pelo menos cinquenta. A Alda e o Gamito eram simpáticos, mas chatos. Passavam a vida a pedir apontamentos e a fazer perguntas. A Alda e o Gamito eram uns bem dispostos, mas esqueciam-se que já não tinham idade para dizer búe e butes, muito menos para irem beber cerveja para as festas da associação e gostar de U2. Por isso a gente ria-se. Coitados, não se lembravam que já eram velhos, pensávamos nós. Não devia ser fácil ser-se velho e ter de andar naquelas andanças, em vez de estar em casa com a família. Por isso a gente explicava as coisas mais devagar à Alda e ao Gamito, sempre com um sorrisinho condescendente. Um dia também lá chegaríamos a velhos e íamos ver o que era bom para a tosse. E devia ser chato uma pessoa sentir-se acabada, sem poder beber copos por causa do colesterol e da gota, e ainda ter de começar de novo. Tipo tirar um curso ou mudar de vida. Coitados. Por isso a gente até fingia que não achava ridículo eles rirem-se das nossas piadas. Não sei o que é feito da Alda e do Gamito. Mas hoje lembrei-me deles. Disse bué e a minha filha repreendeu-me: podias parecer mais uma mãe de 40. As mães de 40 não dizem bué.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Carla Ferreira a 29.01.2017 às 23:49

:) Uma mãe de 40 diz o que lhe apetecer. Os filhos têm a mania, porque não sabem que num instante está-se aqui, com 40 e a dizer bué.
Imagem de perfil

De Lady Di a 30.01.2017 às 14:54

também conheci um senhor como a Alda e o Gamito, mas nunca soube o nome dele, não se misturava connosco, mas admirava muito a coragem dele. Conheci também uma senhora com vinte e poucos que foi tirar o curso, já com dois filhos, mais coragem do que eu alguma vez tive. Um brinde a todas as Aldas e a todos os Gamitos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html