Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Arquipélagos

por Cristina Nobre Soares, em 04.11.16

Quando me perguntam se conheço os Açores digo que não, apesar de já ter estado em quatro das nove ilhas. Ficam a olhar para mim como se eu fosse doida. O costume. Mas conhecer quatro ilhas não é conhecer um arquipélago de nove. Assim como um pássaro não é um bando e um lobo não é uma alcateia. Eu conheço São Miguel, o Faial, o Pico e a Terceira, não os Açores. Gosto de as chamar pelos nomes, porque cada uma delas tem uma voz própria, maravilhosamente diferentes entres si. Até mesmo nos coros, se tivermos atenção, conseguimos distinguir as vozes. Dirão que falar no grupo, no todo, é sempre mais simples. Talvez. Mas às vezes tenho a sensação que o todo é injusto de tão simples que é. E tenho dúvidas se a vida se quer simples ou justa.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html