Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Ela suspira e comenta resignada: Afinal temos de pertencer a algum sítio, não é? Eu digo-lhe que sim. Porque sei que é algo, que de alguma forma, conforta as pessoas. E lembro-me de ser miúda e dos meus pais dizerem a meu respeito, esta nasceu lá. Lá, era como eles se referiam a Moçambique. Lá. Um sitio sem nome, fossilizado num tempo que deixara de existir. E lembras-te de alguma coisa? Perguntavam-me as pessoas. Eu dizia que não. Veio muito pequenina, tinha ano e meio, diziam os meus pais. E as pessoas perdiam o interesse, porque uma pessoa sem memórias ainda é pior do que uma pessoa sem terra. E não tens vontade de lá voltar, de a conhecer? Também não. Lá, era um sitio que morava apenas nos álbuns de fotografias e nas conversas de olhos húmidos, dos adultos. Cá, o sitio onde cresci, quase se tornou na minha terra. E era um bairro suburbano feito de prédios mal construídos e rotinas pardas. Mas era tambéma  harmónica do amola tesouras nos primeiros dias de chuva, os descampados à espera da construção de outros prédios, onde brincávamos aos índios e cowboys e apanhávamos azedas para chupar. Era o quiosque do senhor  Leonel, aonde a minha irmã me mandava comprar a TV guia e um maço de português suave. Era uma terra onde ninguém tinha nome, onde toda a gente tinha aquela invisibilidade dos desenraizados. Se temos de pertencer a algum sítio? Não sei. Talvez porque a minha terra seja eu. Uma espécie de corpo errático que se empresta, sem nunca pertencer a sítio algum.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Joana Rita a 30.09.2015 às 10:19

Pertencer a um sítio que se chama "EU".

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html