Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A silly season

por Cristina Nobre Soares, em 13.06.17

Tenho para mim que o Verão em Portugal não começa a 21 de Junho. Começa antes, na semana dos feriados, do 10 de Junho e dos santos populares. É a primeira semana de silêncio, daquele silêncio morno dos dias maiores, que faz com que os sons sejam todos mais nítidos, até mesmo aqueles que só se ouvem lá ao longe. Nesta altura o pessoal zarpa todo rumo a qualquer sítio, no Facebook as pessoas indignam-se menos e o número de fotografias partilhadas dispara vertiginosamente. Também, convenhamos, não há mais nada de jeito para partilhar, já que nos jornais as notícias sérias são substituídas por aquela categoria do lifestyle que tanto dá para a uma receita de salada de pepino e gengibre, como para saber que há descontos no museu dos coches. A partir desta altura as pessoas passam apenas a estar. Na praia, no estrangeiro, no pátio da sogra, à beira da piscina, na esplanada, num dos 3765 festivais de Verão. Apenas estão. O ser e o fazer são verbos invernosos, das noites mais longas e da queda da folha, e se usados nesta altura fazem-nos calor ao corpo.
Chamam a esta altura a "silly season". Não percebo bem porquê. O descanso nunca me pareceu nada parvo. Mesmo nada..

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

GA



google-site-verification: googledeb34756365df053.html